Acredito que você, meu querido leitor, já tenha pensado em ir (ou até ter ido) para o Caribe, se hospedando num daqueles resorts maravilhosos, com piscinas enormes, comida à vontade e desfrutando aquelas praias cinematográficas com areia branca e mar turquesa.

Sei como é, fico feliz por já ter tido a oportunidade de curtir um lugar assim e é massa mesmo! Mas sabe o que San Blas me mostrou? É possível curtir o que o Caribe tem de mais lindo através de uma experiência única e diferenciada.

Nuinudup vista - San Blas - Dona Viagem
San Blas

SAN BLAS

Se você nunca ouviu falar sobre o lugar, San Blas é um conjunto de aproximadamente 360 ilhas localizado no Caribe panamenho e sob domínio dos índios Kuna Yalas. Sim, é isso mesmo, quem manda lá são os índios e eles definitivamente não querem que a civilização tome posse do que é deles. De todas as ilhas, umas 40 são habitadas e as outras estão ali, intactas, do jeito que a natureza construiu.

Depois dessa você pode estar pensando “se está cheio de índio lá, o que eu vou fazer nesse lugar??”. Te respondo que você vai ver o que é o paraíso intocado, com pessoas que te recebem super bem, praias só para você e um mar… Ah o mar.. Definitivamente não tem igual.

Nosso roteiro era de 3 dias inteiros em San Blas e, para mim, foi a quantidade perfeita. Suficiente para ver o que tem de melhor, mas ainda deixar aquele gostinho de quero mais.

A melhor época para ir a San Blas é no verão, entre dezembro e fim de março. Depois disso são meses com muita chance de chuva. Eu fui durante o carnaval de 2017.

Vamos ao que interessa.

COMO CHEGAR

Quem disse que chegar no paraíso seria fácil? Você tem duas opções:

  • Avião fretado até a ilha de El Porvenir, que não cheguei a orçar;
  • Carro + barco, nossa opção e a de 99% das pessoas que aparecem por lá.

Nossa saída foi do Aeroporto Internacional Tocumen direto para San Blas. Existem transfers regulares que saem bem cedo, por volta de 5h30 da manhã e cobram U$25,00 por pessoa. Nós pedimos um transfer privado, pois só liberamos às 7h30 e o valor foi de U$30,00 por pessoa.

O trajeto é de aproximadamente 100km, sendo 60km em estrada normal, mas os outros 40km.. Ai que a brincadeira fica séria. É um trecho pavimentado, porém sem qualquer acostamento, faixa simples de cada lado e o trajeto parece uma montanha russa. É um sobe e desce sem fim, recheado de curvas fechadas. Sugiro fortemente o uso de um remedinho anti enjoo antes de entrar no carro. Ah, o percurso é feito em carro 4×4, porque os 300m finais não são pavimentados e só um carro com tração para passar por ali em dia de chuva.

No início do sobe-e-desce, você tem que passar por uma barreira militar (na volta é uma alfândega e você tem que abrir as malas). Após a barreira, os índios cobram U$20,00 por pessoa para entrar na terra deles. Passada a aventura inicial, você será deixado no porto. Lá é feita a cobrança de U$2,00 por pessoa só para passar por ali. Em seguida você pega uma lanchinha e segue em direção à sua hospedagem. No nosso caso, foram mais U$15,00 por pessoa de lancha.

Porto San Blas - Dona Viagem
O porto e as lanchinhas que fazem os percursos entre praias e hospedagens.

HOSPEDAGEM

Em San Blas não existe hotel ou resort. A região possui basicamente dois tipos de hospedagem:

  • “Pousadas” com uma espécie de oca, geralmente com a cama ou rede sobre a areia e banheiro compartilhado. Possuem 3 refeições diárias incluídas;
  • Veleiros e catamarãs, normalmente com all inclusive.
Vila San Blas - Dona Viagem
Tive que puxar no zoom, mas ali ficam as principais hospedagens em terra de San Blas.

Eu viajei com meus pais e meu irmão e optamos por ficar em um catamarã. Na minha caça através do Booking, encontrei o catamarã Pura Vida. Ele pertence ao casal Peter e Elaine, que vivem ali com o pequeno Arthur. Eles são de Santa Catarina e foram nossos anfitriões. Se quiser conhecer um pouco mais, visite a página nesse link: Pura Vida.

Catamarã Família Pura Vida - San Blas - Dona Viagem
Catamarã Pura Vida

Preciso dizer que a viagem com certeza não teria sido tão sensacional se não fosse por eles. Além da recepção maravilhosa, eles foram muito atenciosos, nossas refeições eram a base de comida super fresca, como pão caseiro no café e lagosta/peixe no almoço e janta. Tudo de primeira e preparado com muito carinho! Ah, para quem não consegue desconectar, até wi fi tem na embarcação. 😉

Lagosta - San Blas - Dona Viagem
Delícia de almoço!

Admito que fiquei com receio de dormir em um barco e enjoar com o balançar, mas o catamarã é muito estável! O Pura Vida possui 4 quartos, sendo 2 de cada lado. De um lado fica a família e do outro eles alugam. Tem um banheiro exclusivo para os hóspedes e os quartos são bem ventilados. Não possui ar condicionado, mas entrava tanto vento à noite que eu chegava a sentir frio!

Eu só encontrei vantagens em se hospedar num barco. Veja só:

  • No barco os passeios já estão incluídos;
  • Cada dia dormimos numa praia diferente;
  • Não precisamos nos preocupar em levar comida/bebida para a praia;
  • É mais confortável que dormir na oca;
  • O sistema foi all inclusive mesmo, com as refeições, cerveja, vinho, petiscos e tudo mais que inventamos de comer até fora do barco;
  • Ficar numa oca significa que você vai perder alguma refeição (se fizer passeio que fica fora o dia inteiro) e a quantidade de restaurantes lá é contada nos dedos de uma mão;
  • Quando você faz as contas, o investimento no barco não fica tão mais alto do que na oca, principalmente levando em conta os benefícios citados acima.
Família Pura Vida - San Blas - Dona Viagem
Minha família + Família Pura Vida.
Família Pura Vida Arthur - San Blas - Dona Viagem
Meu peixinho dourado Arthur.

ROTEIRO

Quando falo que San Blas é um paraíso não estou mentindo! É cada ilha/praia mais maravilhosa que a outra!!!!

Vou contar para você o roteiro que fizemos:

1º dia – Chegamos no Pura Vida por volta das 10h. Eles estavam ancorados entre a ilha Nuinudup e a Perro Grande. As duas são lindas!!!!!! Na Nuinudup tem umas índias que vendem seus artesanatos e, pelo que nos contaram e comprovamos, os dali são os mais baratos da região. Na Perro Grande, assim como em algumas outras ilhas habitadas, tem que pagar uma taxa de U$3,00 por pessoa para curtir a praia de lá, mas todas as nossas taxas estavam incluídas no pacote do catamarã também. Aproveitamos o dia por ali e no fim da tarde navegamos até a Waisaladup, nos Cayos Hollandeses, e dormimos por lá. Maravilhoso!!

Perro Grande - San Blas - Dona Viagem 1
Perro Grande, com vista para a Nuinudup.
Perro Grande - San Blas - Dona Viagem 2
Rodando por Perro Grande.

2º dia – Acordamos com um visual divino e praticamos snorkel por ali. Tem um coral muito legal com váááááários peixes para observar. A transparência da água dispensa comentário de tão incrível que é! Após o mergulho seguimos para Morodup, também conhecida como Barbecue Island. Ali também tem o pagamento da taxa e, como o nome diz, dá para fazer churrasco!! Nosso capitão Peter preparou uma picanha deliciosa e de quebra curtimos aquela siesta numa das redes disponíveis para os visitantes.

Nascer do sol - San Blas - Dona Viagem
Esse nascer do sol não é de arrepiar??
Morodup - Cayos Hollandeses - Dona Viagem 3
Morodup e sua água perfeita!

3º dia – Sério, acordar com a vista para as ilhas é de quase derramar uma lágrima de emoção de tão lindo que é! Era nosso último dia inteiro e começamos o processo de volta para Perro Grande. No caminho paramos em Sinadup. Olha, até me arrepio só de lembrar!!! Você consegue imaginar aquele mar turquesa-espetacular-do-Caribe só para você, com uma profundidade de pouco mais de 1 metro, parecendo uma piscina??? Sinceramente, se tem lugar de praia mais incrível eu ainda não conheci. Essa ilha também é habitada e os Kuna Yalas que nos receberam foram uns fofos!! As crianças são hiper carinhosas e ali experimentamos o tal do peixe-frango, um peixe cuja carne realmente parece de frango, e uma lagosta preparada na hora muito saborosa! À noite fomos jantar no Bar Kaibir Mega, que fica na ilha Banedup, bem ao lado da Perro Grande e Nuinudup. Esse é o restaurante mais arrumadinho da região e a comida estava bem gostosa.

Sibadup - San Blas - Dona Viagem 1
A maravilhosa Sinadup!
San Blas - Dona Viagem
Bar Kaibir Mega à esquerda e ilha Nuinudup à direita.

OS KUNA YALAS

De acordo com a história que me contaram lá, o território que hoje é San Blas foi recuperado pelos Kunas por volta de 1953. Quando voltaram para lá, eles simplesmente eliminaram (entenda como quiser) todos os que não eram Kunas. Até hoje eles fazem de tudo para manter a linhagem pura, tanto que Kuna é proibido de casar/reproduzir com outro ser humano que não seja Kuna. São raríssimos os casos de estrangeiros que conseguem conquistar um lugar nessa área indígena.

Sibadup - San Blas - Dona Viagem.jpeg
Índia Kuna Yala e esse visual incrível de San Blas, com nosso catamarã Pura Vida ao fundo.

Hoje eles cuidam das propriedades, sendo que existe um revezamento e cada família da linhagem pode ficar na ilha designada por 3 meses. Durante esse período eles cuidam e fazem toda a manutenção da ilha para entregar em pleno funcionamento para a próxima família que vai ficar ali.

O território Kuna Yala possui sua gestão independente do Panamá e suas leis são regidas pelo Congresso Kuna. Alguns “homens brancos” tentaram construir empreendimentos ali, mas foram expulsos pela comunidade.

A EXPERIÊNCIA

Sabe quando falei no começo desse relato que ir à San Blas é uma experiência única? Eis o porquê:

Passar esses 3 dias num barco e numa região que não é dominada pelo homem branco é uma lição de vida. Você não tem só o contato com a natureza plena, intocada e maravilhosa. Você aprende muito sobre respeito ao próximo, sobre o espaço de cada um e como funciona uma comunidade verdadeiramente unida em prol do bem coletivo. Foram 3 dias lidando com pessoas muito honestas, muito dispostas a te receber bem. A alegria no olhar de cada criança Kuna ao te ver é até difícil de descrever. Você se sente tão bem, vendo tanta pureza que, por alguns instantes, você até esquece o tanto de covardia que estamos acostumados a lidar no dia a dia.

Morodup Por do sol - Cayos Hollandeses - San Blas - Dona Viagem
Obrigada San Blas!

Minha recomendação é: coloque San Blas na sua lista de próximos destinos. Tenho certeza que não irá se arrepender.

Saiba mais sobre o Panamá e suas outras belezas nos posts abaixo!

Acredite: Vá visitar o Panamá!

Se surpreenda com Panama City

Nas ondas de Bocas del Toro


Curtiu o post?? Tem algum comentário?? Compartilha aqui com a gente!!! E não esquece de assinar o blog para receber as atualizações em primeira mão! 🙂

Um paraíso chamado San Blas
Classificado como:                    

46 ideias sobre “Um paraíso chamado San Blas

  • 09/03/2017 em 12:50
    Permalink

    Lindo Post Manu,
    Conseguiu perfeitamente, demostrar o quanto linda é essa experiencia de estar aqui. Amamos demais!

    Resposta
    • 09/03/2017 em 14:41
      Permalink

      Fico feliz que tenham gostado!! O resultado disso veio da recepção de vcs! Amamos!!

      Resposta
    • 03/01/2018 em 14:45
      Permalink

      Quero ir na segunda quinzena de março e gostaria de saber o valor de hospedagem para 1 pessoa

      Resposta
  • 09/03/2017 em 14:50
    Permalink

    Ótimo post!! Realmente foi uma experiência incrível!!

    Resposta
  • Pingback: Se surpreenda com Panama City – Dona Viagem

  • Pingback: Acredite: Vá visitar o Panamá! – Dona Viagem

  • 20/05/2017 em 18:47
    Permalink

    Não fazia ideia de que esse lugar existia!! Que lugar único e maravilhoso!! Ainda quero ter essa experiência de ficar hospedada em um catamarã.. adorei rs

    Resposta
    • 22/05/2017 em 10:07
      Permalink

      Descobri por acaso e foi uns dos lugares mais incríveis que já conheci!!! Super recomendo!!

      Resposta
  • 22/05/2017 em 21:45
    Permalink

    Estou simplesmente apaixonadaaaa! preciso ir pra San Blás… menina, que arraso! Oca “is too much”, mas essa ideia de se hospedar em um catamarã é incrível. Vou começar já a procurar mais um casal de amigo parceiro pra incluir essa viagem no roteiro de 2018. Ameiiii

    Resposta
    • 23/05/2017 em 09:56
      Permalink

      Foi a primeira vez que fiquei num catamarã e simplesmente amei!!!!! San Blas é de uma beleza surreal!! Vc vai pirar!

      Resposta
  • 22/05/2017 em 22:08
    Permalink

    Literalmente como disse “UM PARAÍSO” essas praias parecem ser até mentira eheheh, interessante essa história dos indígenas Kuna manterem suas linhagem, e não se misturarem com mais ninguém, a maneira como “revezam” entre famílias para tomarem conta da ilha, muito show

    Resposta
    • 23/05/2017 em 10:00
      Permalink

      É muito bacana! E mesmo sendo tão fechados, são extremamente receptivos. Foi uma experiência única!

      Resposta
  • 23/05/2017 em 14:03
    Permalink

    Uau, que diferente. Nunca tinha ouvido falar, como você descobriu esse paraíso? Adorei a indicação, é sempre bom fugirmos dos lugares mais turísticos e conhecermos novos cantinhos nesse mundo. Ainda mais cheio de indios, deve ser incrivel.

    Resposta
    • 23/05/2017 em 16:51
      Permalink

      Descobri depois de comprar uma passagem na promoção pro Panamá! Hahaha Na verdade você não se sente no meio de uma tribo, são poucas ilhas habitadas e, quando são, tem pouquíssimos índios (todos civilizados) nelas!

      Resposta
  • 23/05/2017 em 16:13
    Permalink

    Manu, que experiencia sensacional!!!!!Se hospedar em um catamarã nessas águas magníficas, cristalinas… juro, me apaixonei e definitivamente quero conhecer esse lugar e ainda ter essas experiências!!!

    Resposta
    • 23/05/2017 em 16:51
      Permalink

      Foi uma experiência sensacional!!!! Super recomendo para todo mundo!!

      Resposta
  • 23/05/2017 em 18:12
    Permalink

    você foi tão convincente que eu quero embarcar agora, pode?? quanto foi o pacote do Catamarã por pessoa? gostaria de ter alguma noção pois Adorei essa ideia de hospedagem… Além do que uma experiência super diferente, não é? Amei esse lugar

    Resposta
    • 24/05/2017 em 09:59
      Permalink

      San Blas é sensacional!!! Uma das melhores experiências que tive na vida!! O preço varia se você vai reservar o catamarã todo ou se vai deixar disponível para dividir com outras pessoas que por acaso reservarem na mesma data.. Entra em contato com a Eliane do Família Pura Vida! Ela é uma fofa!!

      Resposta
  • 23/05/2017 em 19:05
    Permalink

    Não conhecia esse lugar Manu, quero ate colocar no mapa e ver melhor. Achei uma idéia excelente! Estou mesmo procurando destinos para as minhas próximas férias e esse pode ser uma boa opção né. Super obrigada pela dica e parabéns pelo relato.

    Resposta
    • 24/05/2017 em 10:05
      Permalink

      Super recomendo!! Foi uma viagem incrível e bem diferente do que estava acostumada!!

      Resposta
    • 24/05/2017 em 10:05
      Permalink

      Faz muito bem!!! San Blas ainda é um paraíso pouco descoberto e simplesmente maravilhoso!!

      Resposta
  • 24/05/2017 em 14:54
    Permalink

    Ah, estas ilhas do Caribe são um espetáculo né!? Cada uma mais linda que outra. Esta, especificamente, eu nunca tinha ouvido falar mas parece sensacional. Ótima dica!

    Resposta
    • 25/05/2017 em 10:14
      Permalink

      Ela é sensacional! É mar do Caribe, mas você chega pela Cidade do Panamá.. Recomendo muito!!

      Resposta
  • 24/05/2017 em 19:11
    Permalink

    Que lugar lindo! A azul desse mar e a tranquilidade faz jus ao nome de paraíso mesmo. Estou pesquisando destinos para o carnaval de 2018, acho que encontrei kkkk. Abraço

    Resposta
    • 25/05/2017 em 10:15
      Permalink

      Fui no carnaval desse ano e amei!!! Super recomendo!!

      Resposta
  • 24/05/2017 em 20:50
    Permalink

    Que lindo seu relato! Uma amiga também ficou em um barco quando foi pra San Blas e amou! Pena que eu tenho problemas com balanço de barco e acho que não ia conseguir dormir bem, parece ser uma experiência incrível!

    Resposta
    • 25/05/2017 em 10:16
      Permalink

      Aí que tá… Eu também não me dou bem em barco, mas o catamarã não balança! Juro que fiquei 3 dias nele e parecia que tava em terra firme! Acho que você devia experimentar! 😉

      Resposta
  • 24/05/2017 em 20:54
    Permalink

    San Blas, nem te conheço e já te considero muitoo na minha lista de ilhas tops, que lugar mais lindo esse, e adorei a experiência da hospedagem , acho que facilitou esses dias maravilhosos!!!

    Resposta
    • 25/05/2017 em 10:16
      Permalink

      Ficar no catamarã fez toda a diferença! Se tivesse ficado numa oca com certeza não seria a mesma coisa…

      Resposta
  • 24/05/2017 em 20:55
    Permalink

    Que maravilhoso esse post! Nunca tinha pensando em conhecer San Blas, mas você me convenceu a colocar na minha lista de destinos dos sonhos. Que mar maravilhoso esse! Adorei…

    Resposta
    • 25/05/2017 em 10:17
      Permalink

      Fico feliz que tenha curtido!!! Eu me apaixonei perdidamente por San Blas e acho que todo mundo devia conhecer também!! É um sonho!

      Resposta
  • 24/05/2017 em 22:20
    Permalink

    Incrível!! Estou anestesiada com tanta beleza! Não sabia da existência deste paraíso… Vou querer conhecer logo!!! Amei as dicas, mas acho que quando comprar a passagem vou te mandar algumas perguntas!!!rs

    Resposta
    • 25/05/2017 em 10:18
      Permalink

      Pode ficar à vontade para perguntar!!! Hahahah Vou responder com o maior prazer! San Blas é incrível!!!

      Resposta
  • 24/05/2017 em 22:26
    Permalink

    Pirando em três dois um.. pirei… que lugar incrivel água fabulosa… um Paraisoo mesmooo com P maiúsculo … parabéns pela belíssima dica. Bjks

    Resposta
    • 25/05/2017 em 10:19
      Permalink

      Que bom que gostou!! San Blas foi uma excelente descoberta!!!

      Resposta
  • 25/05/2017 em 00:08
    Permalink

    Manuuuu, fiquei louca com esse lugar e a possibilidade de dormir em um barco :O Nunca li muito sobre San Blas, mas você despertou um desejo incontrolável aqui dentro!! ♥

    Resposta
    • 25/05/2017 em 10:19
      Permalink

      Descobri o destino por acaso e foi uma das melhores surpresas de viagem que já tive! É maravilhoso!!! Recomendo demais a experiência!

      Resposta
  • 26/07/2017 em 12:07
    Permalink

    Manu, quanto você gastou nessa viagem ao Panamá?

    Resposta
    • 28/07/2017 em 09:59
      Permalink

      Olha, você me pegou agora… Fui para lá com meus pais e acabei ganhando muita coisa.. Mas lembro que não foi caro! A passagem foi promocional e os hotéis tiveram ótimo custo beneficio!

      Resposta
  • 04/01/2018 em 12:52
    Permalink

    olá, você poderia me passa os contatos dos tranfers?
    Pelo que andei vendo, os preços são U$ 50,00 por pessoa o jeep, e U$ 40,00 a lancha.

    Obrigado

    Resposta
    • 08/01/2018 em 08:38
      Permalink

      Olá Thiago!

      Desculpe, mas quem fechou meu transfer foi o casal da Família Pura Vida, o catamarã que me hospedei. Não tenho o contato direto do transfer…

      Se quiser perguntar para eles, manda uma mensagem pelo Facebook! Com certeza vão te responder e te ajudar com outras dúvidas sobre a região.

      https://www.facebook.com/catamarapuravida/

      Aproveite San Blas!! É incrível!!

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *