Sabe aquela velha frase “a prática leva a perfeição”? Pois é, em 2016 resolvi morar em Vancouver, Canadá, por 5 semanas para estudar e praticar inglês. Cheguei a duas conclusões básicas: meu inglês ainda está longe de chegar à perfeição e Vancouver é uma cidade maravilhosa para morar!

VANCOUVER

Vancouver é uma cidade relativamente pequena e é em Downtown onde tudo acontece. Quando resolvi ir para lá, inicialmente ia morar numa casa de família em Burnaby, cidade que fica a 50 minutos de distância de Downtown. Faltando menos de uma semana para ir uma amiga entrou em contato comigo e me convenceu a morar no centro. Melhor coisa que fiz na vida!! Gente, eu morava no centro, estudava no centro, passeava pelo centro.. Sei que em 5 semanas eu aluguei carro uma vez para ir a Whistler (o que não precisava, porque tem shuttle para lá, mas queria fazer paradas no caminho) e peguei ônibus/skytrain pouquíssimas vezes! Usava o transporte público praticamente quando queria passear por North Vancouver ou áreas mais afastadas. Fora isso, eu andei muito!! O que inclusive ajudou a não engordar tanto… 😉

Canada Place - Vancouver - Canadá - Dona Viagem
Uma das vistas de Vancouver que você tem no Canada Place

A qualidade de vida no Canadá em geral é indiscutível. Conversei com brasileiros que estão morando de forma definitiva lá e estão todos muito satisfeitos! O começo geralmente é perrengue, mas com todos os documentos na mão a vida realmente fica mais fácil. Falando especificamente de Vancouver, a cidade é limpa, as pessoas são muito educadas, a variedade de atividades para todos os gostos e idades é enorme, o transporte público é eficiente. Uma coisa que impressiona é a diversidade cultural e como pessoas de diferentes países conseguem conviver tão harmoniosamente na mesma cidade. Vancouver é muito aberta a imigrantes e o respeito entre eles é muito forte.

Mas nem tudo são flores… Duas coisas me incomodaram na cidade. A primeira delas é o clima. Por ser uma cidade onde o oceano, a floresta e as montanhas se encontram, o clima é extremamente instável e chove muito. Eu fiquei por lá do começo de junho à metade de julho, ou seja, fim da primavera e inicio do verão. Tinha semana que eu não via o céu azul, o que para mim é um pouco angustiante, afinal, moro numa cidade que tem céu azul a maior parte do ano. Após o verão chove praticamente todos os dias. São 6 meses de chuva direto. A temperatura é boa, já que o mínimo lá é por volta de zero grau.

Vancouver - Canadá - Dona Viagem
Geralmente o céu em Vancouver é com muitas nuvens

A segunda coisa que me incomodou foi a presença de muitos desabrigados (homeless people) pelo centro, principalmente na rua Granville, a principal de Downtown. Como Vancouver é a cidade mais quente do Canadá, muita gente vai para lá para, literalmente, não morrer de frio durante o inverno. Essas pessoas são hippies, alternativas ou artistas, poucos lembram os habituais mendigos que vemos pelo Brasil. Alguns chegam a ser verbalmente agressivos quando você não dá dinheiro, mas a maioria não perturba.

Se me perguntassem “Manu, você moraria para sempre em Vancouver?” minha resposta é imediata: Com certeza! Ainda não tenho vontade de morar definitivamente fora do Brasil, mas sem dúvidas lá seria uma das minhas primeiras opções se um dia mudar de ideia.

Veja mais:

O que visitar e onde comprar em Vancouver

Onde comer em Vancouver

 

A experiência de morar em Vancouver
Classificado como:                    

5 ideias sobre “A experiência de morar em Vancouver

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *