14 informações indispensáveis para viajar pelas Montanhas Rochosas

Moraine Lake - Montanhas Rochosas - Banff - Canadá - Dona Viagem

A região das Montanhas Rochosas do Canadá é um absurdo de linda, com cenários que parecem ter saído de fundo de tela do Windows. Para te ajudar a curtir esse sonho com o mínimo de problema e o máximo de aproveitamento, fique esperto nessas informações preciosas sobre essa viagem.

14 INFORMAÇÕES SOBRE AS MONTANHAS ROCHOSAS DO CANADÁ

1. Internet

Que a internet virou um item quase indispensável na nossa vida, acho que não tem muita dúvida. Porém, se fazer lives a rodo é seu negócio, acho que você terá dificuldades pelas Montanhas Rochosas. Não existe sinal de internet em diversos pontos da região, principalmente na Icefield Parkway. Aproveite para relaxar e curtir mais o offline do que o online.

2. Google Maps

Sem internet, nada de Google Maps, certo? Errado!!! Viajar sem mapa pode ser bem complicado, mas aqui segue a dica: baixe o mapa offline no Google Maps da região que você vai conhecer. A única informação que ele não dá é o trânsito, mas o restante funciona perfeitamente. É uma mão na roda e te dispensa de alugar GPS.

3. Carro

Não cogite a possibilidade de viajar pelas Montanhas Rochosas do Canadá sem carro. Transporte público é bem restrito ou inexistentes (depende da cidade) e as atrações são distantes.

Icefield Parkway - Montanhas Rochosas - Banff - Canadá - Dona Viagem
Esse aí na frente era nosso carrinho!

4. Comida

Alguns passeios são demorados e sem restaurante por perto. É altamente recomendável que você leve pelo menos alguns tira-gostos na mochila. Para quem quiser entrar mais no clima, tem muitos pontos fofíssimos para fazer piquenique. As cidades mais indicadas para fazer compras são Jasper e Banff (dentro do Parque Nacional) ou Edmonton e Calgary (cidades dos aeroportos).

Falando em comida, não deixe de experimentar a carne de Bison, o Beavertail (um doce que parece massa de churros esticada com toppings) e o Ice Wine, o vinho de sobremesa do Canadá.

5. Temperatura

Preciso nem falar que no inverno é ultra frio, né?! A temperatura pode chegar a -30ºC. Por outro lado, nas estações mais quentes das Montanhas Rochosas a temperatura pode chegar a 25ºC. Só fique atento, pois a variação no mesmo dia é muito alta, sendo que amanhece a uns 7ºC, chega a 25º e anoitece com uns 10º.

6. Ressecamento

A região das Montanhas Rochosas está a mais de 1.500m de altitude, gerando um clima super seco. Para não ficar com famosa “canela de pedreiro” e nariz sangrando, recomendo levar muito hidratante corporal e nasal.

7. Roupas

Por mais que você não se encaixe no grupo dos amantes de trilhas, para chegar a várias atrações você será obrigado a passar por algumas. Use roupas confortáveis e, de preferência, um tênis adequado para trilha, que seja leve, antiderrapante e impermeável. O derretimento da neve cria muitas poças e regiões um pouco lamacentas. Eu comprei esse tênis da Quechua na Decathlon e foi excelente!

Trilha Peyto Lake - Montanhas Rochosas - Banff - Canadá - Dona Viagem
Roupas leves, efeito “descascando cebola” durante o dia..

8. Ursos

10 a cada 10 pessoas que vão ao Parque Nacional nas Montanhas Rochosas quer ver urso. Eu definitivamente era umas delas. Porém, apesar de toda a minha caça, os fofinhos não apareceram para mim. Se quiser dar uma forcinha pra sorte, alguns lugares com mais chance de vê-los são:

  • Estrada 1A para Lake Louise;
  • Área do Sunshine Resort;
  • Icefield Parkway, na altura de Jasper.

Eles também costumam aparecer mais no comecinho da manhã e fim da tarde.

Espero que você tenha mais sorte do que eu…

9. Banheiros

Todos – TODOS – os passeios e trilhas das Montanhas Rochosas contam com banheiro na entrada. Eles são equipados com muito papel higiênico, álcool gel e são gratuitos. Só fique atento, porque dentro das trilhas não tem banheiro. Seja precavido e alivie seu corpinho antes de começar o passeio.

10. Dinheiro

A moeda do Canadá é o CAD (dólares canadenses). Caso não os compre no Brasil, recomendo comprar na cidade que desembarcar (Calgary ou Edmonton). O Calforex é uma ótima casa de câmbio, está nos principais shoppings das cidades, estava com cotação melhor do que no Brasil e aceita reais.

11. Visita aos lagos

Os lagos são as maiores atrações dos Parques Nacionais. Para vê-los em sua plenitude, recomendo muito que chegue cedo, principalmente nos mais importantes, como Louise, Emerald e Moraine. Eles ficam muito cheios e, quanto mais tarde, mais vento e eles ficam um pouco mexidos, fazendo com que não fiquem tão espelhados.

12. #sharethechair

O governo canadense tem um programa muito bacana chamado #sharethechair. Pelos Parques Nacionais foram espalhadas cadeiras vermelhas com a proposta de que você sente com calma e aprecie a linda paisagem que se encontra a sua frente. A localização de todas elas você encontra no site do Parks Canada.

Share the chair - Two Jack Lake - Montanhas Rochosas - Banff - Canadá - Dona Viagem
Compartilhe a sua cadeira também!

13. Incêndios

Você vai reparar em várias regiões queimadas pelo caminho. Pois saiba que é tudo proposital. Os responsáveis fazem isso para que a vegetação se renove e crie condições favoráveis para a vida. Matas virgens e velhas não geram mais flores e nem habitabilidade para a vida selvagem.

14. Preservação

Nenhuma beleza natural seria vista se a preservação não fosse prioridade. Não jogue lixo no chão, não dê comida aos animais, não desrespeite as regras.

No mais, aproveite muito sua viagem! É um destino dos sonhos!

Saiba mais sobre as Montanhas Rochosas!

Icefield Parkway: uma das estradas mais lindas do mundo

Roteiro completo pelas Montanhas Rochosas do Canadá

Visite Jasper e seus lindos lagos nas Montanhas Rochosas

Lago Louise e outras lindas atrações de Banff, Canadá

2 Comments on “14 informações indispensáveis para viajar pelas Montanhas Rochosas”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *