A Ilha Grande, na região de Angra dos Reis/RJ, é um antro de belezas naturais que ninguém discute. Praias paradisíacas, muitas trilhas e, quando você acha que viu de tudo, surge a Gruta do Acaiá para te desafiar e te surpreender ainda mais.

Gruta do Acaiá - Ilha Grande - Angra dos Reis

GRUTA DO ACAIÁ

A Gruta do Acaiá é uma espécie de tesouro no fim do arco íris, a diferença é que o arco íris ali é bem dark, mas o tesouro continua sendo reluzente.

Localizada a 5 metros abaixo do nível do mar, a Gruta do Acaiá recompensa bem quem tem coragem de encarar sua escuridão, já que o visual da água quase fluorescente e brilhante é um presente daqueles que você não esquece.

Para chegar na Gruta do Acaiá é necessário encarar uma curta escada, porém extremamente estreita, seguida de uma distância de aproximadamente 10 metros numa altura de menos de 1 metro, ou seja, você vai precisar se arrastar.

Gruta do Acaiá - Ilha Grande - Angra dos Reis
Essa é a escada…

É difícil?

Sim.

Vale a pena?

Muito.

Na metade da “rastejada” você já enxerga uma linha verde fluorescente quase inacreditável no meio de tamanha escuridão. Aquela visão te dá fôlego para seguir adiante.

Gruta do Acaiá - Ilha Grande - Angra dos Reis
Existe luz no fim do túnel…

COMO CHEGAR

O meio mais indicado e fácil de chegar lá é de barco, já que ela não está muito perto de praias ou centros da Ilha Grande.

Para quem deseja ir de trilha, o site da Ilha Grande indica uma caminhada de 5km (ida e volta) da Praia Vermelha. Se desejar ir de barco, tem saídas do Abraão, Praia Vermelha, Sítio Forte ou Araçatiba.

A Gruta do Acaiá está localizada numa propriedade particular e, em abril/2018, o preço para visitá-la era R$20,00 por pessoa.

IMPORTANTÍSSIMO

  • O melhor horário para visitar a gruta é pela manhã, entre 8h e 11h, pois a maré está mais baixa e a entrada de luz é maior;
  • Se estiver nublado, não vale a pena ir, pois o efeito fluorescente se dá por conta da luz entrando pela fenda;
  • Não precisa de calçado, mas vá de short. Pode apostar que você vair sair de lá com alguns ralados indesejados;
  • Leve máscara de mergulho ou alugue lá. Ande para o lado direito da gruta e mergulhe olhado para debaixo das pedras. Uma enorme surpresa te espera;
  • Recomendo muito levar uma lanterna de cabeça. Se não tiver, pode ser de pilha mesmo;
  • Leve o celular, mas, por favor, o coloque numa bolsinha impermeável;
  • Vai por mim, você vai querer fazer filmagem embaixo d’água. Celular com proteção ou go pro são perfeitas opções;
  • Flash corta o efeito luminoso da foto;
  • Dentro da gruta não tem mosquito, mas do lado de fora pode ter bastante. Repelente é sempre uma boa pedida;
  • A Gruta do Acaiá não é recomendada para quem tem claustrofobia ou alguma síndrome similar. Apesar de ampla (uns 30 metros de largura), é bem escura e com teto muito baixo;
  • Você vai se ralar, escorregar, ficar com um medinho do breu, mas vai ver como a natureza pode ser perfeita!

Conheça outras matérias legais do blog!

Relaxe em Santo André, a linda vila no sul da Bahia

Montanhas Capixabas: Campinho, Domingos Martins

 

 

Gruta do Acaiá, uma das melhores surpresas da Ilha Grande
Classificado como:            

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *