Se você leu o post sobre Estocolmo, já ficou sabendo que um de seus apelidos é “Veneza do Norte”. Para continuar nessa pegada, agora lhe apresento Gotemburgo, a cidade cuja construção foi inspirada nos canais de Amsterdam.

Gotemburgo - Suecia - Dona Viagem
Bem vindo à Gotemburgo!

Quando decidi fazer minha trip pela Escandinávia, queria conhecer mais de uma cidade sueca. Pesquisa vai, pesquisa vem, eu e minhas amigas optamos por dar uma passada em Gotemburgo por estar no caminho (nossa próxima parada seria Copenhagen – post em breve) e por ter coisas ao redor que queríamos conhecer.

GOTEMBURGO

Localizada na costa oeste da Suécia, Gotemburgo é a segunda maior cidade do país. Ela possui uma referência portuária muito forte, sendo seu porto o maior dos Países Nórdicos.

Por conta da corrente do Golfo (obrigada Wikipédia!) sua temperatura é amena e chove bastante por lá. Acho que demos sorte, pois pegamos dias bem agradáveis, com rápido chuvisco.

Uma ótima razão para conhecer Gotemburgo são os restaurantes. A cidade é famosa por ter excelentes opções por preços mais acessíveis. Não nego, tudo que comemos estava maravilhoso!

Kugsparken - Gotemburgo - Suecia - Dona Viagem
Olha a gente aí de novo!!!

COMO CHEGAR

Optamos por fazer Gotemburgo depois de Estocolmo e o melhor custo-benefício foi o trem. Comprado com antecedência pelo site da Rail Europe, o ticket ficou por €35,00, com todas as taxas e entrega no Brasil. A estação é bem central e perto de tudo.

Originalmente a nossa viagem deveria durar 3 horas, mas teve um problema no caminho e nosso trem foi desviado, criando um atraso de duas horas. Acontece….

Para quem optar pelo avião, a principal companhia aérea é a SAS. O aeroporto de Gotemburgo fica a 25km de distância e fomos até ele para pegar nosso voo para Copenhagen.

ONDE FICAR

Meu item número 1 na escolha de qualquer hotel é a localização. Contudo, entretanto, porém, em Gotemburgo foi diferente. Na pesquisa por hotéis eu encontrei o Hotel Barken Viking e achei muuuuuuito legal! Tive que me hospedar nele! Se quiser conhecer mais, dá uma conferida no post Barken Viking, o diferente hotel de Gotemburgo. Já te adianto, além de fugir do comum, um ponto bem positivo foi o preço.

Barken Viking - Gotemburgo - Suecia - Dona Viagem
Tá vendo esse barcão? Era nosso hotel!

Caso deseje algo mais tradicional, ficar mais perto da estação central é uma excelente escolha. É próximo a tudo e você pode caminhar pela cidade sem dificuldades. Também tem o bairro Inom Vallgraven, perto de muitos bares, restaurantes e vida noturna.

O QUE FAZER

Gotemburgo conta com opções diversas, das tradicionais igrejas e museus a parques e rica cena gastronômica. Além disso, possui atrações a poucos quilômetros de distância que valem a pena serem visitadas.

Para nós, pessoas não obcecadas por museus, ficar dois dias em Gotemburgo foi satisfatório. Talvez um terceiro dia seria melhor para fazer as coisas com mais calma e conhecer alguns lugares que ficaram de fora, mas vamos lá:

1º DIA

Nossa previsão inicial era chegar à Gotemburgo às 11h, mas acabamos perdendo duas preciosas horas por conta do atraso na viagem. Enfim, passamos no hotel para deixar nossas malas e fomos bater perna.

Como estávamos azuis de fome, o foco era almoçar. Se Gotemburgo é conhecida pelos restaurantes, fomos atrás de boas indicações. No caminho passamos pelo Museum of Gothenburg e paramos para a fotinha básica.

Museu de Gotemburgo - Gotemburgo - Suecia - Dona Viagem
O Museu é uma das principais atrações da cidade.

O restaurante escolhido foi o Dalla Nonna Trattoria, um italiano localizado no bairro Inom Vallgraven. Essa área é excelente, com rua de pedestres, muitas lojas e várias opções gastronômicas. Os pratos escolhidos estavam deliciosos, bem servidos e o preço médio era SEK 170.

Dalla Nona Trattoria - Gotemburgo - Suecia - Dona Viagem
Vou te falar que tava gostoso..

Energia reposta, era hora de bater perna. Nossa primeira parada foi em um dos principais pontos turísticos da cidade, o Feskekôrka, ou “Igreja do Peixe”. Esse mercado foi construído em 1874 e sua arquitetura foi inspirada nas antigas igrejas de madeira norueguesas. Infelizmente chegamos lá num domingo e é o único dia da semana que ele não abre… De segunda a sexta funciona das 10h às 18h e sábado das 10h às 15h.

Feskekorka - Gotemburgo - Suecia - Dona Viagem
Achei a arquitetura super bonitinha!

Dando sequência ao nosso passeio, seguimos para a Hagakyrkan, uma igreja localizada na praça Haga Kyrkoplan. Como nossa maré de sorte não estava tão forte nesse dia, a igreja estava fechada. Nessa praça também está localizada a Biblioteca Universitária e tem alguns brinquedos para a meninada.

Hagakyrka - Gotemburgo - Suecia - Dona Viagem
Por fora a igreja é linda, imagino que por dentro também!
Biblioteca - Gotemburgo - Suecia - Dona Viagem
A biblioteca está ao lado da igreja

Agora vem a maratona de parques:

  • Kungsparken: conta com ciclovia e mini golfe;
Kungsparken - Gotemburgo - Suecia - Dona Viagem
Esse mini golfe é uma graça!
  • Bältespännarparken: fica na frente do Stora Teatern, o “Grande Teatro”, ponto de visitação de Gotemburgo. Essa praça conta com um lindo chafariz e é entrada para o próximo parque;
  • Trädgårdsföreningen: lindo e imperdível, é um dos parques criados no século XIX mais bem preservados da Europa . Ele é bem grandinho, conta com jardim de rosas, restaurante e uma elegante estufa criada em 1878 que abriga espécies tropicais. Nele podem ser encontrados quase todos os tipos de árvores existentes na Escandinávia.
  • Brunnsparken: bem sem graça. É importante ponto da rede de transportes da cidade e conta com um fontanário.
Brunnsparken - Gotemburgo - Suecia - Dona Viagem
Só vale como passagem mesmo.

Finalizamos o dia no O’Learys, um sports bar de Boston/EUA localizado na Estação Central (era o que tinha aberto – domingo a noite lá é fogo) que nos transportou para a América. Ele é bem estilo TGI Fridays e os pratos custam em torno de SEK 160.

2º DIA

Lembra que no começo do post falei de coisas ao redor de Gotemburgo que queria conhecer? Pois é, o que me fez visitar esse pedacinho da Suécia foi Marstrand, a Cote D’Azur escandinava. Óbvio que essa visita rendeu um post contando tintim por tintim. Então clica no link e conheça Marstrand, o verão sueco e a Fortaleza de Carlsten.

Carlsten Fortress 1 - Marstrand - Dona Viagem
As vistas de lá são lindas

Esse passeio durou metade do dia e, como era verão e anoitecia às 20h, ainda tivemos um bom tempo sob o sol para curtir Gotemburgo.

Te disse que a construção de Gotemburgo foi inspirada nos canais de Amsterdam. Isso significa que, se tem canal, tem tour de barco. Recomendo muito! A empresa responsável é a Paddan Tour. Fizemos o tour clássico com 50 minutos de duração e que passa por diversos pontos interessantes da cidade. Pagamos SEK 175, mas olhei no site e a inflação já apareceu por lá. Agora está SEK 180. O tour é guiado em inglês.

Passeio finalizado, era hora de caçar algo para comer. No caminho passamos pela maravilhosa Catedral de Gotemburgo e ela estava aberta – aleluiaaaaa!! Hahaha A igreja segue um estilo clean que eu aprecio muito e fiquei admirada com sua beleza.

Catedral - Gotemburgo - Suecia - Dona Viagem
A linda catedral de Gotemburgo
Catedral - Gotemburgo - Suecia - Dona Viagem
Panorama geral

Nos dirigimos ao mercado mais famoso da cidade, o Saluhallen. Ótimo para experimentar a comida típica e com opções baratas, mas a trupe estava sonhando com outro tipo de comida e valeu o registro.

Saluhallen - Gotemburgo - Suecia - Dona Viagem
Esse mercado é bem tradicional
Saluhallen - Gotemburgo - Suecia - Dona Viagem
Limpo, organizado e com muitas opções típicas

Nosso jantar foi em um outro restaurante italiano (sim, gostamos muito), o Magazzino. Ele é o italiano número 1 de Gotemburgo no Trip Advisor e 6º na classificação geral. Que ambiente gostoso e que pizza maravilhosa! Vale a pena! Recomendo fazer reserva e a pizza custa SEK 170 em média.

ARQUITETURA

A arquitetura usada em muitas construções de Gotemburgo desperta curiosidade. Algumas por bons motivos, outras nem tanto. Tire suas próprias conclusões:

  • Lipstick: edifício que é cartão postal da cidade, foi concluído em 1989. Possui 86m de altura e conta com um observatório. Foi motivo de discórdia na cidade e é considerado o prédio mais feio da Suécia;
Lipstick - Gotemburgo - Suecia - Dona Viagem
Ele é muito bonito mesmo não… (olha meu barco-hotel aí na frente!)
  • Gothenburg Opera: sua arquitetura foi inspirada no formato de um navio (não que eu tenha conseguido identificar isso) e fica na área portuária Lilla Bommen.
Opera House - Gotemburgo - Suecia - Dona Viagem
A noite fica bem legal
  • Kuggen: edifício colorido e com pegada sustentável, chama atenção. A Lucia Malla fez um post muito bacana sobre ele.

OUTROS PONTOS DE INTERESSE

Como já disse anteriormente, Gotemburgo conta com outras atrações que podem te agradar bastante. Entre elas:

  • Jardim Botânico: um dos maiores da Europa, possui mais de 16.000 espécies e fica um pouco afastado da cidade;
  • Animais: Gotemburgo conta com dois zoológicos e um aquário. Você pode conferir aqui no Trip Advisor.
  • Museus: recomendo uma visita ao site oficial da cidade com a relação de todas as opções.

FIQUE POR DENTRO

  • A Suécia, apesar de fazer parte da União Européia, não adotou o Euro. Sua moeda oficial é a Coroa Sueca e a cotação em agosto/2017 era €1 = SEK 9,02;
  • Muitos navios/barcos atracados na área portuária são abertos à visitação;
  • Em Gotemburgo tem uma mistura bem considerável de povos. Não espere ver tanta gente bonita quanto em Estocolmo;
  • Com um hotel bem localizado, não é necessário usar transporte público. Nós caminhamos o tempo todo.
Feskekorka - Gotemburgo - Suecia - Dona Viagem
Divirta-se!!

Conheça outras cidades incríveis pela Escandinávia!

Conhecendo Oslo, a incrível capital da Noruega

Bergen muito além dos fiordes noruegueses

14 Fatos sobre a Escandinávia que você deve saber

Gotemburgo, a segunda maior cidade da Suécia
Classificado como:        

20 ideias sobre “Gotemburgo, a segunda maior cidade da Suécia

  • 07/03/2018 em 11:49
    Permalink

    Gente, eu sou doida pra conhecer a Suécia! Gostei do roteiro dia a dia, acho que facilita muito a organização da viagem , obrigada! Agora, como falar certas palavras, tipo; ​Trädgårdsföreningen? hahahaha

    Resposta
    • 07/03/2018 em 16:28
      Permalink

      A Suécia é um país incrível!!! Amei ter passeado por lá! Sobre o idioma, muitas palavras são completamente impossíveis de falar.. Saem nem depois de umas cervejinhas.. Kkkkk

      Resposta
  • 13/03/2018 em 18:29
    Permalink

    Suécia , um destino que quero no meu próximo roteiro. E de cara já me apaixonei por Gotemburgo, com restaurantes bons e preços acessíveis. E amo fazer passeio de barquinho. E já quero me hospedar nesse barco que você se hospedou também, deve ser massa!

    Resposta
    • 14/03/2018 em 10:20
      Permalink

      Eu era doida para conhecer a Escandinávia em geral e me apaixonei completamente! A Suécia é lindíssima e a experiência de ficar nesse hotel-barco foi uma atração à parte! Muito massa!

      Resposta
  • 15/03/2018 em 11:31
    Permalink

    Estou amando conhecer um pouco mais da Suécia através dos seus posts, está me dando várias ideias para o meu roteiro!!

    Resposta
    • 15/03/2018 em 15:46
      Permalink

      A Suécia é um país que merece ser visitado!!!

      Resposta
  • 15/03/2018 em 13:32
    Permalink

    Nossa.. Gotemburgo é muito lindinha! A visita não devia ser opcional,mas obrigatória! Rs
    Adorei essa opção de ficar no barco viking,só assim pra eu perder o pânico desses barcos (não tenho boas lembranças da infância nos brinquedos de barcos vikings rs)!
    Também achei que lá eh bom de comer, fiquei de olho nos seus pratos!!

    Resposta
    • 15/03/2018 em 15:47
      Permalink

      Comer em Gotemburgo definitivamente não é problema!!! kkk Tem ótimas opções!!
      O legal do barco é que ele não se mexe, então não tem sequer risco de enjoar ou qualquer coisa parecida…

      Resposta
  • 15/03/2018 em 15:44
    Permalink

    Que encanto de cidade! Acho que o mais gostoso nesse tipo de viagem é simplesmente sair andando, apreciando as ruas, arquitetura, visitando os pontos turísticos de interesse. E se isso for aliado à uma boa culinária, então a alegria está feita! Pelo que senti dos seus relatos, é fácil ser feliz passeando em Gotemburgo! Arrasou na escolha do hotel, esse tb faço questão de escolher quando visitar a cidade!

    Resposta
    • 15/03/2018 em 16:04
      Permalink

      Pra mim a melhor forma de conhecer uma cidade é batendo perna. Adoro!! A experiência no barco viking foi demais, bem diferente! Um ponto positivo dele é que o barco fica bem paradinho, então até quem enjoa com o mínimo de balanço não vai ter problema ali.

      Resposta
  • 16/03/2018 em 23:30
    Permalink

    Euuu amaria conhecer a Suecia, quanta coisa bacana pra se fazer! Agoraaaaa, como pronunciar o nome desses lugares? hahahahahah Jesusss, eu só iria apontar o nome num papel!! Mas sem duvida, uma viagem cheia de cultura, delicias e aprendizado!! 🙂

    Resposta
    • 19/03/2018 em 10:07
      Permalink

      Pronunciar os nomes é praticamente impossível!! Hahahah Ainda bem que a gente dá um jeito e se vira!!

      Resposta
  • 17/03/2018 em 19:13
    Permalink

    Quase que incluía a Suécia na minha próxima viagem para a Europa (por questões logísticas não dará certo), e Gotemburgo estava na minha lista de cidades para conhecer. No entanto, não havia parado ainda para ler sobre a cidade. E adorei o seu relato. Não fazia nem mesmo ideia do que conhecer por lá. Aliás, quando for, vou querer ficar hospedado neste hotel barco também. Adorei a dica!!

    Resposta
    • 19/03/2018 em 10:08
      Permalink

      Acabei indo à Gotemburgo por acaso e foi uma ótima experiência! A Suécia é um país incrível, não deixe de ir quando tiver oportunidade.

      Resposta
  • 17/03/2018 em 22:41
    Permalink

    amei amei amei… quero conhecer a Suécia assim… pra ontem.. e claaaro que vou passar por essa encantadora cidade chamada Gotemburgo… coleguinha de Amsterdan neh..hahaha… amei a analogia.. e com certeza pegarei todas as dicas com vc. 🙂 abraço.

    Resposta
    • 19/03/2018 em 10:11
      Permalink

      Amsterdam e Gotemburgo são amiguinhas do norte! Hahahaha Vale a visita!

      Resposta
  • 18/03/2018 em 23:19
    Permalink

    Sensacional, já estou apaixonada por Gotemburgo. As fotos estão belas e o post mega completo. Amei muitooooooo. Post favoritado, parabéns por compartilhar essas dicas preciosas conosco.

    Resposta
    • 19/03/2018 em 10:11
      Permalink

      Fico feliz que tenha gostado!! Obrigada!!

      Resposta
  • 18/03/2018 em 23:28
    Permalink

    Adorei esse post! Sou doida pra conhecer Gotemburgo, porque tem uma banda local de rock que eu amo kkkk
    Agora eu fiquei enlouquecida para dormir nesse hotel barco hauahuauah arrasou na hospedagem=D

    Resposta
    • 19/03/2018 em 10:12
      Permalink

      O hotel foi massa!! Super diferente!!!

      Qual banda é de lá??

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *