Um passeio por Copenhague, a linda capital da Dinamarca

Nyhavn - Copenhague - Dona Viagem

Se você é telespectador do Globo Repórter (ok, tem vários lugares falando do assunto também), com certeza já ouviu falar sobre Copenhague e todas as suas infinitas qualidades. A capital da Dinamarca é famosa pelo seu alto nível de desenvolvimento, igualdade, respeito, baixo índice de violência e forte consciência sustentável.

Pois te digo, fui conhecer a cidade num roteiro de 3 dias em agosto/2017 e é por aí mesmo. Claro que nem tudo são flores (vai lendo o texto que você vai descobrir), mas Copenhague é uma cidade que encanta e surpreende.

COPENHAGUE

Não sei se você está lembrado, mas a Dinamarca é uma monarquia (assim como a Noruega e Suécia). Copenhague é sua capital e maior cidade, com mais de 1.2 milhão de habitantes e te relembra um pouco o mundo da fantasia, pois ali você encontra clássicos Disney como a Pequena Sereia e castelos dignos das mais tradicionais princesas.

CÂMBIO

Apesar de fazer parte da União Européia, a Dinamarca não adotou o Euro como moeda oficial. Lá são usadas as Coroas Dinamarquesas (DKK) e são pouquíssimos os lugares que aceitam Euro (geralmente com um câmbio desfavorável).

O lugar mais indicado para trocar moeda em Copenhague é o Forex Bank. Tem alguns espalhados pela cidade. O câmbio em agosto/2017 era €1 = DKK 7,24.

O que você precisa saber ao trocar dinheiro:

  • É cobrada uma taxa fixa de DKK 45 por operação. Se estiver em mais gente, recomendo juntarem os euros para pagarem somente uma taxa;
  • Também trocam real e a cotação estava muito boa. Valia a pena;
  • Para trocas até €500 não é necessário apresentar documento. Para valores superiores é solicitado passaporte e endereço completo.

COMO CHEGAR

Essa é uma das partes fáceis de quase toda capital européia. As principais vias para chegar a Copenhague são:

  • Aérea: o Aeroporto Internacional Kastrup (CPH) fica a menos de 20 minutos de metrô da cidade. Ali é base da SAS, a principal cia aérea escandinava, e para pegar o metrô basta se dirigir ao track 2 e ficar atento aos horários. Caso compre o Copenhagen Card (veja mais abaixo), os transportes terrestres já estarão inclusos.
  • Trem: as principais cias de trem são a DSB e a sueca SJ. Para viagens noturnas e de longa distância (fora da Escandinávia), você pode pesquisar na DB.

Caso opte pelo táxi entre aeroporto e centro, prepare-se para desembolsar uma média de 270 DKK. Já te adianto, não tem Uber na cidade (pelo menos não tinha quando fui).

Copenhague - Dona Viagem
Chegamos pelo céu!

HOSPEDAGEM

Não vou negar, minha primeira impressão sobre a cidade foi uma das piores que poderia ter tido. Ao sair da Estação Central e caminhar para meu hotel, vi uma cidade que estava que nem um canteiro de obras e fiquei um pouco decepcionada, achando que tinha escolhido uma porcaria de localização.

Depois de colocar a cabeça no lugar, comer e relaxar, percebi que a segunda impressão foi completamente diferente. Eu e minhas amigas nos hospedamos no Comfort Hotel Vesterbo. O hotel é descolado, tem um ótimo café da manhã e fica muito perto de importantes pontos, como a Estação Central e o Tivoli Park.

Comfort Hotel Vesterbo - Copenhague - Dona Viagem
O hotel é todo descolado

O QUE FAZER

Olha, vou te contar que não falta coisa pra conhecer em Copenhague. Eu passei 3 dias lá. Foi bom, deu para fazer quase tudo, mas teria sido melhor se tivesse feito umas pequenas trocas. Tem atrações imperdíveis, mas tem umas que só valem a pena se você for mega fã do tema ou de história. Se quiser fazer tudo que fiz e curtir mais um pouquinho, sugiro acrescentar um dia.

Para facilitar, vou descrever os dias e explicar um pouquinho de cada atração separadamente. Se prepara, porque lá vem coisa!!

Vamos lá.

1º DIA

Chegamos em Copenhague às 10h e passamos no hotel para deixar as malas. Como falei lá no começo, o Comfort Hotel Vesterbo fica a uns 400m da Estação Central, mas era tanta obra pelo caminho que nos causou uma má primeira impressão. Ainda bem que não durou muito tempo e adoramos a escolha.

Estávamos azuis de fome e comemos num chinês ali ao lado mesmo, o Nibon Ya Sushi & Wok. Prato em torno de 80 DKK ou 189 DKK se optar pelo sistema All You Can Eat.

Little Mermaid

Nossa primeira parada foi na estátua mais famosa de Copenhague, a Little Mermaid (Pequena Sereia). Ela foi esculpida pelo artista Edvard Eriksen em 1913 e representa a famosa personagem infantil. A estátua possui 1,25m de altura e fica sobre uma pedra.

Pequena Sereira - Copenhague - Dona Viagem
A Pequena Sereia é pequena mesmo…

Comentários:

  • Tem que ir, mas é longinho;
  • É um fuzuê louco de gente, mas com paciência você chega perto;
  • Dá para vê-la no passeio de barco, mas fica meio distante e de costas.
Pequena Sereira - Copenhague - Dona Viagem
Olha a turminha querendo tirar foto!

Fizemos nosso trajeto de volta à pé e no caminho paramos na Gefion Fountain e St Alban’s Angelical Church para algumas fotos.

Gefion Fountain - Copenhague - Dona Viagem
Super bonitinho!

Kastellet

Uma das sugestões da AZ Wanderlust, essa fortaleza é uma graça! Ela foi construída em 1626 e foi ocupada por nazistas durante a 2ª Guerra Mundial. O blog Farrabadares fez um post muito bacana sobre ela.

Amalienborg Slot

Chegamos à residência de inverno da família real dinamarquesa. O palácio é enorme! Ocupa todo o entorno da praça com o mesmo nome, mas claro que só é possível visitar um pedacinho.

De acordo com a Wikipédia:

Ele é na verdade formado por quatro palácio de exteriores idênticos dispostos ao redor de uma praça octogonal, no centro estando localizado uma estátua equestre do rei Frederico V, o fundador de Amalienborg.

Sua obra foi finalizada em 1771 e a parte visitada é do museu. O ingresso custa 100 DKK  ou gratuito com o Copenhagen Card e é proibido entrar com mochilas. No local existe um guarda volumes gratuito.

Amalienborg - Copenhague - Dona Viagem
A praça Amaliensborg

Frederik’s Church

Essa foi, na minha opinião, a igreja mais bonita que visitamos nessa trip pela Escandinávia. A Frederik’s Church é conhecida como a “Igreja de Mármore“. Seu projeto inicial foi desenvolvido em 1740, mas, depois de muitas mudanças e crises, só foi concluída em 1894.

A “Igreja de Mármore” possui o maior domo entre todas as igrejas da Escandinávia, com 31 metros de altura, e fica super perto da Amalienborg. Na sua entrada está escrito “Herrens Ord Bliver Evindelig“, ou “A palavra do Senhor permanece para sempre”.

Ps: já peço desculpas pelas fotos, a luz não me ajudou e não consegui retratar a beleza da igreja como ela merece.

Frederiks Church - Copenhague - Dona Viagem

Nyhavn

Sem dúvidas é o principal cartão postal de Copenhague. É um canal com vários prédios coloridos (me lembraram muito os prédios de Bryggen, em Bergen) e uma boa quantidade de restaurantes e cafés, perfeitos pra curtir um fim de tarde apreciando o movimento.

Na sua entrada tem uma âncora em homenagem aos marinheiros dinamarqueses mortos na Segunda Guerra Mundial e logo atrás dela estão algumas empresas que realizam os passeios pelos canais de Copenhague.

Nyhavn - Copenhague - Dona Viagem
Ali é cheio de cafés e restaurantes fofos!

Canal Tour

Super curti fazer o passeio pelos canais de Copenhague! Ele tem uma hora de duração, é grátis com o Copenhagen Card (ou 80 DKK se comprado separadamente) e passa pelos principais pontos de interesse da cidade.

Entre as atrações vistas, dá pra destacar a Pequena Sereia, Opera House, Palácio Christiansborg, antigo terminal de ferry The Standart, Copenhagen Street Food e Our Savior Church.

Atenção!!!! A saída incluída no Copenhagen Card fica na Gammel Strand, a uns 10 minutos de caminhada do Nyhavn.

Strøget

É a rua de pedestres de Copenhague. Ela fica bem na meiuca da cidade e ali você encontra uma penca de lojas, restaurantes e caminha por mais de 1 quilômetro.

Stroget - Copenhague - Dona Viagem
Muitas lojas, bares e restaurantes por ali

City Hall

O prédio da prefeitura de Copenhague fica em frente ao Tivoli Gardens e é um dos mais altos da cidade, com uma torre que chega à 105m. Infelizmente não consegui entrar, mas tem visita guiada em inglês e sua entrada custa 50 DKK ou grátis com o Card.

Mais informações aqui no site do Visit Copenhagen.

City Hall - Copenhague - Dona Viagem
A bonita City Hall

Tivoli Gardens

Um dos lugares que mais amei na cidade!!!! Gostei tanto que ele ganhou post exclusivo. Dá uma conferida aqui no Tivoli Gardens, o clássico parque de Copenhague.

Tivoli Gardens - Copenhague - Dona Viagem

2º DIA

Nesse dia o tempo estava bem instável, com chuvas aleatórias e optamos por fazer atrações mais fechadas.

Christiansborg Slot

Gostei da explicação da Wikipédia:

Palácio de Christiansborg (em dinamarquês: Christiansborg Slot) é um palácio e prédio governamental, sede do Parlamento Dinamarquês (Folketinget), escritório do Primeiro Ministro e da Suprema Corte da Dinamarca e é a única construção do mundo que abriga os três poderes simultaneamente. Algumas partes do palácio também são usadas pelo monarca, incluindo as Salas de Recepções Reais, a Capela e os Estábulos Reais.

Infelizmente não deu tempo de entrarmos, mas o palácio parece ser bem bonito por dentro. É liberado com o Copenhagen Card e para mais informações de ingressos e horários, basta dar uma conferida aqui no Visit Copenhagen.

The Round Tower

Essa torre fica no centro de Copenhague e é o observatório em funcionamento mais antigo do mundo! Durante sua subida tem umas exposições de arte (admito que não entendi até agora o sentido da exposição que vi lá) e do alto tem uma vista bacana.

A torre tem 36 metros de altura, mas você roda por 209 metros pra chegar no topo. Dá pra ficar tontinha!!

Sua entrada custa 25 DKK ou grátis com Copenhagen Card.

Round Tower - Copenhague - Dona Viagem
A torre realmente é redonda

Rosenborg Slot

Esse castelo foi construído para o rei escandinavo mais famoso de todos os tempos, o Christian IV. Achei bem bonito!! Vale a visita.

Seu ingresso custa 110 DKK se comprado separado, 140 DKK se comprar o do Amalienborg junto e de graça com o Copenhagen Card.

Para horário de funcionamento, dá uma checada aqui no Visit Copenhagen.

Rosenborg Slot - Copenhague - Dona Viagem
Nossa trupe!

Copenhagen Street Food (Papirøen)

Eu adorei esse lugar!!! É um pavilhão com vários trucks/barraquinhas de comida de diferentes partes do mundo! Como era fim de viagem, não resistimos ao churrasco brasileiro com pitada argentina. Tava delicioso! É uma ótima sugestão de local de almoço antes da próxima parada.

Fristaden Christiania

Então….. Esse é um dos lugares mais comentados de Copenhague, mas entre nós foi unanimidade. Ninguém ficou fã.

Ele é considerado o bairro livre, dos hippies, onde o consumo e venda de maconha é totalmente liberado. Achamos sujo, barra pesada e com muita gente esquisita. Éramos um grupo de 4 mulheres e não conseguimos ficar lá por muito tempo.

Se você não curte essa onda, na minha modesta opinião, vale a visita, mas não perca muito tempo lá.

3º DIA

Esse foi o dia dos castelos!

Frederiksborg Slot

O Castelo de Frederiksborg fica fora da cidade, mais ou menos uma hora de distância de trem. Quando vi a foto nas minhas pesquisas sobre o que fazer em Copenhagen, tive a certeza que queria ir lá! Inclusive, ele é uma das dicas daquele famoso livro “1000 lugares para conhecer antes de morrer”.

Conto tudinho sobre essa lindeza no post Castelo de Frederiksborg nos arredores de Copenhague.

Frederiksborg - Copenhague - Dona Viagem
Frederiksborg

Kronborg

Esse é o conhecido hotel de Hamlet. Também ganhou post exclusivo!! Confira Kronborg, o castelo de Hamlet em Copenhague.

Kronborg - Copenhague - Dona Viagem

Visit Carlsberg

Cervejeiros de plantão, esse passeio é imperdível!!

Assim como Amsterdam tem o Heineken Experience, em Copenhague tem o Visit Carlsberg. Ali você conhece sobre a tradicional cervejaria dinamarquesa, experimenta algumas delicias e conhece um pouco mais sobre esse assunto.

Ele funciona das 10h às 20h e tem diferentes tipos de ingresso. O básico custa aproximadamente €13,42 e dá direito a duas cervejas, além da visita às instalações. Para quem quiser se aprofundar mais no assunto, tem degustação, visita guiada.. Tudo pago à parte.

Ah, para quem tem Copenhagen Card a entrada é gratuita.

COPENHAGEN CARD

Como você leu pelo texto, o Copenhagen Card abrange uma enorme quantidade de atrações pela cidade. Para explicar um pouco mais sobre seu funcionamento e como analisar se vai compensar você comprar ou não, fiz o post Copenhagen Card: Vale a pena fazer esse investimento? Espero que te ajude!

Copenhagen Card - Copenhague - Dona Viagem
Meu Copenhagen Card foi para 3 dias

CURIOSIDADES

  • Ao contrário da maioria das cidades, a chamada “tap water”, ou “água da torneira”, é cobrada em vários estabelecimentos de Copenhague. Em alguns ela sequer é servida;
  • Cuidado com as biblicletas. Tem gente que vai passando e te atropela se você marcar bobeira;
  • Na entrada do Amelienborg nos mandaram ter cuidado com furtos. Pensa que país de primeiro mundo não sofre com isso também?
  • Outra coisa que estranhamos foi a quantidade de moradores de rua, principalmente na rua de pedestres.

Outras curiosidades sobre a Escandinávia você pode conferir no post 14 Fatos sobre a Escandinávia que você deve saber.

Stroget - Copenhague - Dona Viagem
Visite e se encante por Copenhague!

Também confira outros posts sobre a Escandinávia:

Conhecendo Oslo, a incrível capital da Noruega

Estocolmo: Descubra a encantadora capital da Suécia!

Sigtuna, a cidade que deu origem à Suécia

20 Comments on “Um passeio por Copenhague, a linda capital da Dinamarca”

  1. Esse lugar parece mesmo incrível! Sou doida pra conhecer.. Pra visitar as principais atrações, acha que preciso de quantos dias lá?

  2. Viajei com vcs dia a dia nesse seu relato… muito bom! Amo igrejas e fico imaginando a beleza da Igreja de Mármore ao vivo… mas vc disse que precisaria de um dia a mais por lá para conhecer tudo, o que faltou vcs conhecerem nesses 3 dias?

    1. Nos 3 dias eu fiz tudo que aguentei, mas algumas coisa ficaram de fora, como entrar no Cristiansborg, Prefeitura, sentar num café na Nyhavn…

  3. Post super completo manu! Quero muito conhecer Copenhague, deev ser um destino incrível! ainda bem que não foi a primeira impressão que ficou! hahaha…

    1. Se fosse pela primeira impressão, acho que o post não ia ficar muito interessante.. Hahahah Ainda bem que mudou e recomendo demais uma visita à Copenhague!

  4. Eu sou louca para conhecer os países escandinavos e sempre fico doida quando vejo essas fotos. Sério, todos os lugares são lindos. Fiquei babando em todos os passeios que você fez pela cidade e já anotei tudo para quando eu fizer essa viagem. Eu nunca tinha ouvido falar sobre o Frederiksborg Slot e fiquei impressionada com a beleza!

    1. Eu descobri o Frederiksborg pesquisando coisa para fazer em Copenhague e amei!! Ele é um espetáculo! EU sonhava em conhecer a Escandinávia e essa viagem valeu cada centavo investido. Recomendo!

  5. Esse destino está na minha listinha e agora lendo seu relato detalhado fiquei mais curiosa ainda. E vc conseguiu ver bastante coisa. Vc acha que é melhor ir no verão ou inverso?

    1. Eu gosto muito de viajar no verão. A programação é mais intensa e não é tão frio. A temperatura média era 20 graus…

  6. Bom roteiro de 3 dias deu pra fazer bastante coisa, super bacana. Ah essa sereia tem uma lenda ? vi alguns posts falando, bem interessante né, gostaria de conhecer também rs… Mas o que mais gostei foi o canal tour rs.. ia passar os dias ai haha adorei. bjss

  7. Havia incluído Copenhague na minha próxima viagem daqui a 2 meses, mas estou prestes a tirar a cidade por questões de logísticas. Aí leio seu post e a vontade de ir até lá volta com toda a força. Pense numa decisão difícil!! E esse castelo de frederiksborg que eu nem conhecia a existência e já estou louco para conferir? O legal é que vc ficou exatamente o mesmo tempo em que pretendo ficar. Então, se realmente eu mantiver a cidade no roteiro, seu post será extremamente útil!!! Preciso refletir! Rsrsrs

    1. Olha, se eu fosse você colocaria Copenhague de volta nesse roteiro… A cidade é linda!!! O castelo de Frederiksborg foi um dos mais bonitos que já visitei na vida. Repensa essa logística ai!!!!

  8. Menina, quanto lugar lindo!!! E os castelos? De deixar queixo caído..
    chega a ser engraçado quando na busca do que fazer no lugar o lugar aparece no Topo e quando visita não é tudo o que dizem ou até nem dá para ficar muito tempo né?
    Amei o post super completo e quero ler sobre os castelos que ganharam post exclusivos ❤️

    1. Copenhague é um arraso e ainda dei sorte de pegar dia de céu azul. A arquitetura em geral é lindíssima, mas o castelo de Frederiksborg é surreal de maravilhoso! Um dos mais bonitos que já visitei!

  9. eu morrroooooo de vontade de ir ao Tivoli! até corri pra ler seu post exclusivo kkk
    e uma amiga foi ao Christiania e amou… hahahaha é mto interessante esses pontos de vistas que cada um tem dos lugares né?! adorei seu relato, com certeza qdo eu for, voltarei aqui pra pegar umas dicas =D

    1. Ainda bem que existe gosto pra tudo!! Kkkkk Eu amei o Tivoli, passaria o dia inteiro lá sem medo de ser feliz!!

  10. De verdade???? Adoreiii seu post. Sou uma daquelas viajantes louca pra conhecer Copenhagen.. então… não existe post melhor que este. Super completo.. tudo.. inclusive o q nao é bom, o que evita surpresas para marinheiro de primeira viagem lá neh. Adorei as dicas.. todas.. perfeito. Feliz por ter lido ♡

    1. Fico feliz que tenha gostado Leandra!!! Nem tudo é perfeito, mas com certeza Copenhague é uma cidade que merece ser visitada!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *